Ocorreu neste fim de semana (7 e 8 de Julho) a 2ª edição da convenção Howl At The Moon, em Paris. Daniel Sharman, ao lado de seus ex-colegas de elenco da série Teen Wolf, esteve presente durante os dois dias da convenção. Confira.

Presentes na convenção, além de Daniel, estavam Holland Roden, Shelley Hennig, Tyler Hoechlin, Ian Bohen, Colton Haynes, Cody Christian, JR Bourne, Max Carver, Ryan Kelley, Susan Walters, Melissa Ponzo, Linden Ashby, Khylin Rhambo e Froy Gutierrez.

O painel de perguntas e respostas com Daniel aconteceu no Domingo, dia 8, junto com os colegas Tyler Hoechlin e Ian Bohen. Os três responderam diversas perguntas sobre Teen Wolf e seus personagens. Daniel também falou sobre seus outros projetos, como Fear The Walking Dead e Medici: Masters of Florence, e respondeu perguntas diversas sobre futebol e outros interesses.

Confira tudo o que rolou no painel:

Daniel disse que gostaria de ter visitado a Coreia do Norte e que é o seu país favorito que ainda não visitou.

Pediram para que Daniel escolhesse um personagem dentre todos os que já interpretou e ele escolheu Kol, de The Originals.

Daniel Sharman disse que seu jogador de futebol do Arsenal favorito é Thierry Henry e que ele falou francês perfeitamente com ele, quando eles se conheceram, o que todos fizeram de conta que acreditaram.

Alguém perguntou à Daniel que tipos de personagem ele gosta de interpretar e ele respondeu Qualquer personagem que seja complexo, alguém que não seja um estereótipo.

Daniel confirmou que “o futebol está indo para casa” (“football is coming home”), fazendo alusão à letra de uma música famosa na Inglaterra.

Daniel disse que, após Medici, ele ainda não tem nenhum projeto.

Daniel disse que deixou no set Teen Wolf pilhas de papéis escritos “Tchau Jeff” e esses papeis ainda não acabaram.

Daniel confirmou que Medici: Masters of Florence estará disponível na Netflix a partir de Outubro (nos Estados Unidos e alguns países da Europa, Brasil ainda a confirmar).

Daniel disse que Troy Otto, seu personagem em Fear The Walking Dead, provavelmente dormiria com Madison ou Nick Clark, mas que no set ele tinha que atuar uma tensão com a personagem de Kim Dickens.

Daniel disse que seu “guilty pleasure” (algo que ele ama, mas tem um pouco de vergonha) é um programa de TV chamado Love Island.

Daniel disse que não tem mais uma crush em Taylor Swift.

Daniel disse que seu relacionamento com o elenco de Teen Wolf é especial porque eles realmente possuem uma conexão e concorda com Holland Roden quando ela diz que eles são, de fato, uma família.

Daniel disse que não sabe se faria convenções para outras séries pois é realmente um prazer fazer as convenções com o elenco de Teen Wolf.

Daniel disse que, se tivesse que fazer um crossover, iria querer uma mistura de todas as séries das quais ele já participou.

Daniel disse que sempre faz amizades nos elencos dos projetos que participa, mas que é mais forte com os colegas de Teen Wolf.

Daniel disse que, infelizmente, ele estava velho demais para interpretar um personagem de dezoito anos e que eles preferiam ter alguém mais jovem do que ele. Mas que ele ama Anna Todd e que ela foi incrível quando se conheceram.

Uma fã perguntou ao Daniel como ele se preparou para interpretar Lorenzo e ele disse que leu a biografia de Lorenzo, pois sabe o quanto ele é famoso e amado na Itália e tentou entender a família, o passado, etc.

Além do painel, os fãs também puderam participar de meet & greets com os atores, sessão de autógrafosphoto ops e duos.

No Sábado, o primeiro dia da convenção, Daniel ficou disponível para atender os fãs na sessão de autógrafos e também para photo ops individuais, com o elenco todo e com o colega Max Carver.

Já no Domingo, Daniel realizou outra sessão de autógrafos e photo ops individuais e também photo duos com o colega Tyler Hoechlin.

Atualizaremos a nossa galeria conforme mais fotos forem divulgadas.

Fiquem atentos às nossas redes sociais. Twitter, Facebook e Instagram @dsharmanews para conferir mais notícias do ator Daniel Sharman nesta e em outras convenções.